Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Sistema de Ouvidorias (e-OUV) já conta com mais de 100 adesões de municípios

Notícias

Sistema de Ouvidorias (e-OUV) já conta com mais de 100 adesões de municípios

Notícia

Estados, como Roraima e Rio de Janeiro, além dos diversos municípios, também integram o sistema
por OGU publicado: 27/10/2017 14h56 última modificação: 30/10/2017 09h58

O e-Ouv já conta com a adesão de mais de 100 municípios, após um mês e meio de sua abertura para todos os entes federados e para outros poderes.

O sistema, que inicialmente era somente para órgãos federais, hoje possui representantes estaduais e municipais de todas as regiões do Brasil.

Criado, em 2014, para o Poder Executivo Federal, o e-Ouv recebeu a adesão de 148 órgãos federais, dos 479, no período de 3 anos. Por isso que o marco de mais de 100 municípios, em cinquenta dias, é comemorado, porque reflete a boa aceitação do sistema pelas ouvidorias públicas do país.

Esse canal de ouvidoria, desenvolvido pela Ouvidoria-Geral da União, unidade do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União – CGU, serve como ferramenta de empoderamento do cidadão, já que facilita o diálogo com o Estado. Além disso, também é solução gratuita para que órgãos e entidades se adequem às obrigações previstas na Portaria Interministerial n. 424, de 30/12/2016, que abrange quem estabeleceu convênio que receba recurso federal.

Além das capitais do estado de Santa Catarina e do Maranhão, o e-Ouv recebeu a adesão de dois estados, Rio de Janeiro e Roraima – que aderiu ao sistema ontem (26/10). Já participam do e-Ouv ouvidorias de 19 municípios. O Estado com mais municípios aderentes é Santa Catarina, com representantes de 19 municípios.

Várias ouvidorias públicas já entraram em contato com a CGU para conhecer mais o sistema. Nesses casos, uma conta é criada num ambiente de treinamento que simula o ambiente real do e-Ouv e, assim, as ouvidorias podem conhecer de perto seu funcionamento. Quando o município ou estado adere ao sistema, ele recebe um endereço eletrônico próprio, onde sua população poderá se manifestar.

Outra vantagem em aderir ao e-Ouv, além da integração com outras ouvidorias e de sua gratuidade, é a participação do Programa de Fortalecimento das Ouvidorias. O programa oferece cursos, materiais técnicos e disponibiliza as estratégias traçadas pela Rede de Ouvidorias, tudo isso com o objetivo de promover o aprimoramento do trabalho das Ouvidorias públicas no país.

Quer fazer parte desse time? Entre em contato com a Regional – CGU do seu estado.